EAD Gestão 2022
Fundação Salvador Arena

Venha conferir se você fará parte dessa história

Conheça os finalistas do edital EAD Gestão 2022

Finalistas EAD Gestão

Quem pode participar?

Organizações da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos, que estejam dispostas a enfrentar desafios para modernizar e fortalecer sua organização!

Podem participar

OSCs de todo Brasil.

Ligadas as causas

de educação, assistência social e/ou saúde.

De todos

os portes.

A consultoria prevê o envolvimento de diferentes áreas da instituição e participação ativa das lideranças.
Portanto as inscrições são direcionadas a OSC e não aos seus colaboradores.

Devo indicar para a formação

Diretores Estatutários, Executivos, Gerentes, Coordenadores que tenham poder de decisão e que atuem diretamente nas questões da sustentabilidade, governança, fiscais, administrativas da OSC, etc.

Qual o objetivo?

A formação e as consultorias fortalecem a sua Organização pra uma gestão mais estratégica e profissionalizada, gerando mais potência às suas ações e consequentemente maior efetividade à sua causa, aos seus atendimentos, com sustentabilidade e profissionalismo.

Esse edital é uma iniciativa da Fundação Salvador Arena (FSA) que atua em todo o Brasil com o objetivo de fortalecer as Organizações da Sociedade Civil e dar potência às suas operações, capacitando-as para defesa de suas causas com efetivo poder de transformação social.

Qual o conteúdo?

Todo conteúdo prático e teórico visa qualificar os processos de gestão da sua organização, estimulando a construção de boas práticas e busca de melhorias para uma gestão mais profissionalizada.

Sensibilização de público

Sensibilização de público

Gestão de pessoas e governança

Gestão de pessoas e governança

Reordenamento legal e Institucional

Reordenamento legal e Institucional

Planejamento e gestão financeira

Planejamento e gestão financeira

Prestação de contas e controle contábil

Prestação de contas e controle contábil

Gestão de recursos e sustentabilidade Institucional

Gestão de recursos e sustentabilidade Institucional

Elaboração do Planejamento estratégico com consultorias individuais

Elaboração do Planejamento estratégico com consultorias individuais

Elaboração de plano de desenvolvimento Institucional

Elaboração de plano de desenvolvimento Institucional

E muito mais!

O que ganho com a formação?

A OSC terá uma consultoria personalizada e desenvolvida especialmente para sua gestão organizacional. Com momentos exclusivos e profissionais especialistas que acompanharão durante toda a jornada.

Ao final da formação, sua instituição será orientada para elaborar um plano de desenvolvimento, que subsidiará as melhorias e transformações necessárias para a gestão da OSC e a defesa de sua causa.

Os três melhores trabalhos serão premiados em dinheiro, como incentivo para o desenvolvimento institucional.

Como funciona o processo de formação?

A formação e consultorias acontecem online, com aulas ao-vivo, incluem encontros virtuais (Webinar), exercícios práticos, interação com outras organizações, fóruns de discussões e muito mais!

Processo de formação

Confira nosso cronograma

Período de inscrição

Até 30/01/2022

Divulgação dos semifinalistas

08/02/2022

Divulgação dos finalistas

25/02/2022

Período das aulas

8/03/2022 a 30/08/2022

Conheça o time de consultores
que irão te orientar nessa jornada

Arlete Prieto
Adrielle Azevedo
Carlos Eduardo Ferrari
Claudete Goes
Jorgete Leite Lemos
José Alberto Tozzi
Lilian Tiemi Yamashita
Roniel Lopes
Sérgio Loyola

Coleção FSA de Boas Práticas

Baixe agora os ebooks das edições anteriores

Dúvidas frequentes

Para Organizações da Sociedade Civil sem fins lucrativos que encaminhem 02 representantes e mais um mentor, para representá-las neste processo de formação.

Não. É necessário que a dupla representante para participar deste processo de formação seja da diretoria executiva, gestores, gerentes ou coordenadores da instituição com poder de decisão e influência no conselho e/ou diretoria.

Sim, a dupla representante precisa participar de todos os encontros ao vivo, ler o conteúdo teórico e entregar as atividades práticas.

As aulas serão realizadas no Microsoft Teams, por isso é necessário internet, computador e celular, e abaixo os requisitos do hardware para acesso:

Computador:
– Computador e processador com 1,1GHz (ou superior) (32bits ou 64bits), 2 núcleos (p/Windows) / Processador Intel Core Duo (p/ MAC) / 1,6 GHz (ou superior) (32 bits ou 64 bits), 2 núcleos (p/ Linux).
– Memória de 4,0GB (ou superior)
– Disco rígido: 3GB de espaço no disco disponível
– Dispositivos: Webcam, microfone e alto-falantes padrão

Celular:
– Android: compatível com telefones e tablets Android.
– iOS: compatível com iPhone, iPad e iPod Touch.

Preencheu todos os requisitos?

Então venha fazer parte dessa história!

EAD Gestão 2022
Fundação Salvador Arena
Contato

Finalistas

Razão Social

Cidade e UF

UF

ASSOCIAÇÃO CENTRO DE ESTUDO E APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E DA QUALIDADE DE VIDA DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTE NO BRASIL – ILHA DAS CRIANÇAS

ITAPARICA, BAHIA

BA

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DO GUARANI

CAMPOS SALES

CE

ASSOCIAÇÃO CULTURAL NASCENTE PEQUENA – ACNP

GUAPIMIRIM

RJ

ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA À INFÂNCIA E À JUVENTUDE DE ALTINHO

ALTINHO

PE

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE PARÁ DE MINAS

PARÁ DE MINAS

MG

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE RONDON DO PARÁ

RONDON DO PARÁ

PA

EDUCANDÁRIO SANTA CATARINA

SÃO JOSÉ

SC

FLORESCER AÇÃO SOCIAL

NOVA OLÍMPIA

MT

INSTITUTO ATIVAMENTE

SÃO BERNARDO DO CAMPO

SP

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E EDUCACIONAL ÁGAPE

PARAUAPEBAS-

PA

INSTITUTO ENERGIA DO SABER

SÃO PAULO

SP

INSTITUTO MALWEE

SÃO PAULO

SP

LAR SÃO VICENTE DE PAULO DE ALPINÓPOLIS

ALPINÓPOLIS

MG

ONG HISTÓRIA VIVA

BARREIROS

PE

PRO CRIANÇA CARDÍACA

RIO DE JANEIRO

RJ

RECANTO TIA CÉLIA

MAUÁ

SP

TEMPLO FRATERNIDADE AYMORIANA

ARAQUARI

SC

Arlete Prietro

Arlete Prietro

Arlete Prieto é Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Graduada em Jornalismo, é professora assistente em cursos de graduação e pós-graduação da UMESP, ministrando aulas ligadas à área de Gestão de Projetos, Terceiro Setor e Assessoria de Comunicação, entre outros.

Nos últimos 20 anos, atuou como professora convidada em cursos de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, da Universidade de Taubaté e das Faculdades Integradas Espírito-Santenses.

Integrante do time de instrutores da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), é editora dos e-books produzidos pela Fundação Salvador Arena na área de gestão do terceiro setor. Possui experiência na área de Comunicação Organizacional, com ênfase em planejamento e produção de conteúdo, ocupando o cargo de sócia-diretora da Textos&Cia – Comunicação para o Conhecimento.

Adrielle Azevedo

Adrielle Azevedo é pós-graduada em Gestão e Organização de Políticas Sociais pela FMU – Faculdades Metropolitanas Unidas.

Graduada em Serviço Social pela FMU.

Atua há mais de 8 anos no Terceiro Setor como assistente social e gestora de projetos.

Tem experiências no trabalho social com famílias, manutenção de documentação de organizações da área de assistência social. Gestão de Projetos, assessoria para organizações do Terceiro Setor, implantação, coordenação, administração e tutoria de programas de formação para ONGs. Orientadora das Coleções de Boas Práticas da Fundação Salvador Arena.

Carlos Ferrari

Carlos Ferrari é mestre em administração pela USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul, pós-graduado em marketing e comunicação persuasiva pela Fundação Cásper Líbero e graduado em administração de empresas pela USCS.

Foi consultor Internacional para o fortalecimento de organizações representativas das Pessoas com Deficiência da república Dominicana entre 2020 e 2021. é primeiro vice-presidente da união Latino Americana de Cegos e no âmbito internacional tem prestado serviços para organizações como CEPAL e PNUD.

Presidiu o CNAS – Conselho Nacional de Assistência Social (2010-2012), atuou como titular no CNS – Conselho Nacional de Saúde e no CONADE – Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Foi coordenador da equipe de relatoria da XI Conferência Nacional de Assistência Social, tendo participado anteriormente como membro de equipes de relatoria de outros processos conferenciais.

É professor, conteúdista e consultor para assuntos relacionados à gestão, implementação e controle social no âmbito da Política Pública de Assistência Social (SUAS) e Inclusão da Pessoa com Deficiência, com formações e assessorias customizadas para instituições como: SEBRAE, LBV, Comitê Paralímpico Brasileiro, Núcleo Paulus de Formação, Pesquisa e Disseminação Social, IPF – Instituto Paulo Freire, Instituto Viva Melhor, FUNSAI – Fundação Nossa Senhora Auxiliadora do Ipiranga, SBB – Sociedade Bíblica do Brasil e Prefeituras como por exemplo São Bernardo do Campo, Diadema, Franca, Campinas, Concórdia, Itapetininga, Mauá, Santana de Parnaíba Rio Grande, dentre outras.

Diretor de comunicação do CRPD – Comitê Brasileiro de Organizações Representativas das Pessoas com Deficiência;

Diretor de articulação e relações institucionais da ONCB – Organização Nacional de Cegos do Brasil;

Autor dos livros: “Visões para uma boa conversa sobre inclusão e cidadania”, “Lady Lei”e “Mais um prato para Pedrinho”;

Curador, podcaster e conteúdista do site www.socialsolucoes.com

Claudete Goes

Claudete Goes é pós-graduanda em Gestão de Projetos pela USP e MBA em Gestão de Pessoas.

Graduada em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social.

Especialista em gestão de projetos, atuando no Terceiro Setor há mais de 20 anos, com a implantação e estruturação de metodologias e ferramentas de gestão administrativa, sob a perspectiva de otimização dos resultados em melhorias contínua.

Realização de consultorias para organizações da sociedade civil, analisando dificuldades, propondo soluções, assessorando, contribuindo no ajuste de processos e procedimentos, dando suporte ao aprimoramento da gestão com o objetivo de viabilizar a sustentabilidade e perenidade para as instituições sociais. Orientadora das Coleções de Boas Práticas da Fundação Salvador Arena.  

Implantação, gestão e tutoria de programas de capacitação para Entidades Sociais.

Jorgete Lemos

Jorgete Lemos é Pós-graduada em Serviço Social em Empresa pela Faculdade de Serviço Social do Rio de Janeiro – RJ.

Graduada em Serviço Social pela Faculdade de Serviço Social do Rio de Janeiro – RJ

Consultora Organizacional, Palestrante, Docente em cursos de MBA em Gestão de Pessoas e sócia da Jorgete Lemos Pesquisas e Serviços Ltda, empresa de Consultoria na área da Dimensão Social da Sustentabilidade Corporativa.

Autora e coautora: Manual de Treinamento & Desenvolvimento, Capítulo Gestão da Diversidade- Editora Pearson, Manual de Treinamento e Desenvolvimento Processos e Operações, Capítulo Treinamento & Desenvolvimento para Voluntário – Editora Pearson, Manual de Treinamento e Desenvolvimento, Capítulo Cidadania Empresarial Alavancando a Responsabilidade Social Empresarial Corporativa, Editora Gente.  Serviço Social Ideias e Tendências em Empresas e Saúde – Debates Sociais Nº 61- Ano XXXVII e O Assistente Social – Administrador de Recursos Humanos e Sociais, Editora CBCISS Centro Brasileiro de Cooperação e Intercâmbio de Serviços Sociais. Conteudista, escreve para revistas eletrônicas na área de Gestão de Pessoas/RH

Atua em Gestão de Pessoas há 48 anos, tendo coordenado as áreas de Serviço Social e Benefícios na Souza Cruz – Região Sudeste (RJ,MG,ES,DF), 1972/1980, e implantado e coordenado as áreas de Serviço Social e Benefícios na Copersucar e empresas coligadas, em âmbito nacional, 1981/1990.

Desde 1991 fundou e é a Diretora Executiva da Jorgete Lemos Pesquisas e Serviços Ltda.

Voluntariado

Ingressou na ABRH São Paulo em 1986 como Diretora de Serviço Social e Benefícios Corporativos.

Ingressou em 1999 na ABRH Brasil, implantando a Vice-Presidência de Responsabilidade Social Corporativa e Desenvolvimento Sustentável; Criou a Arena Social para o CONARH ; Criou  a modalidade Responsabilidade Social/ Desenvolvimento Sustentável para o Prêmio Ser Humano; Implantou a Diretoria de Diversidade em 2013, apoiando a formação de Diretorias de Diversidade nas Seccionas da ABRH Brasil nos estados do país.

Membro e Coordenadora do Grupo de Trabalho de Diversidade do Comitê de Responsabilidade Social da FIESP.

Diretora de Diversidade na SOBRATT Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades

Conselheira Consultiva do CEE Centro de Integração Empresa Escola

Membro da Comissão Permanente da Mulher Advogada da OAB SP, como consultora convidada.

José Alberto Tozzi

José A. Tozzi é Mestre em Administração com ênfase no Terceiro Setor pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP).

Graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), também graduado em Ciências Contábeis. MBA Executivo Internacional pela Fundação Instituto de Administração (FIA/USP).

Contador, auditor, consultor e sócio da Tozzi Terceiro Setor, empresa especializada na prestação de serviços para entidades do Terceiro Setor.
Conselheiro voluntário da associação dos alunos e ex-alunos dos MBAs da FIA, entidade voltada para a estruturação e a profissionalização do Terceiro Setor.
Membro do Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor (Neats) – PUC-SP.

Atua como palestrante, professor em cursos de especialização e extensão voltados para as atividades meio das entidades e articulista sobre diversos temas voltados ao Terceiro Setor.

Acumula vinte anos de experiências acadêmicas e práticas exclusivamente no Terceiro Setor. É autor dos livros S.O.S. da ONG, e ONG Sustentável, ambos publicados pela Editora Gente.

Lilian Tiemi Yamashita

Lilian Tiemi é disseminadora da técnica Mottainai. Considerada uma referência em Mottainai no Brasil. Estrategista Social em novos modelos de auto-aprendizagem.

Graduada em Comunicação Social pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em Sensibilização de Públicos.
Fez uma especialização em Processos de Qualidade no Japão a convite do governo japonês. Criadora de conteúdo do Instituto Filantropia, Observatório do Terceiro Setor e Observatório da Longevidade.

Tem contribuído em cursos de MBA da BI International School. Conselheira de coordenadores de Projetos Sociais do Naia e Sal da Terra. Fornecedora de soluções pedagógicas de Universidades Corporativas como UNIBRAD entre outras. Seu diferencial são treinamentos temáticos com influência da cultura japonesa.
Escreveu livro Mottainai na Amazon – Reconheça o que possui e transforme sua vida. E tem uma série de podcast no Spotify Mottainai, criou webséries para Youtube Mulheres Sustentáveis.

Roniel Lopes

Roniel Lopes é especialista em Finanças e Desenvolvimento Humano e graduação em Administração de Empresas e Psicologia Atuação profissional como Consultor em Gestão para o Terceiro Setor e Educador Financeiro. Diretor da Associação Bem Comum. Conselheiro Fiscal da Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável – ABRAPS e do Instituto Acqua Brasil.


Possui vasta experiência como Coordenador de Desenvolvimento Institucional e Gerente Administrativo Financeiro em Organizações do Terceiro Setor. Há dez anos atua como consultor em temas relacionados a planejamento, finanças e desenvolvimento organizacional. Fez parte do grupo de docentes dos cursos de formação oferecidos pelo FICAS e pelo GIFE.

Sérgio Loyola

Sérgio Loyola é Gerente de Desenvolvimento e Promoção Social da Fundação Salvador Arena e dos cursos de Formação de Gestores ministrados nessa mesma instituição;

Pós-graduado com especialização lato sensu em Administração para Organizações do Terceiro Setor pela Fundação Getúlio Vargas de SP e aperfeiçoamento em Gestão do Investimento Social Privado pela ESPM/SP. Graduado em Administração de empresas pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie, cursou Ciências Econômicas na Pontifícia Universidade Católica de SP e Bacharelado e licenciatura em Língua Portuguesa e Linguística pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP.
Integrou a comissão para instituição do Compliance da Fundação Salvador Arena; Coordenou a Escola de Cultura Organizacional da Universidade Corporativa Termomecanica; foi examinador de projetos de extensão universitária para o Concurso Banco Real Universidade Solidária e para a Faculdade de Tecnologia Termomecanica; foi membro do Conselho Consultivo do Mapa do Terceiro Setor da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo e Coordenou o Censo do Terceiro Setor de São Bernardo do Campo.

Atuou como administrador de projetos de recursos humanos e marketing para The Gallup Organization do Brasil; foi assessor de projetos para a Fundação Samuel e consultor voluntário das redes sociais RENAG – Rede das Entidades Assistenciais do Grande ABC e Rede Corrente Viva de São Paulo.